Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Notícias

População recebe informações sobre riscos do tabagismo

População recebe informações sobre riscos do tabagismo

No dia 31 de maio é comemorado o Dia Mundial sem Tabaco. Para conscientizar as pessoas sobre o tema, a Secretaria de Prevenção às Drogas, Defesa Social e Defesa Civil promove diversas atividades em Uberlândia para divulgar informações sobre os riscos trazidos pelo cigarro. Na quarta-feira, os profissionais da prefeitura distribuirão materiais educativos e conversarão com os cidadãos sobre os malefícios do fumo. Entre as 9h e 11h os trabalhos serão desenvolvidos no aeroporto. Das 11h às 15h30, equipes estarão no Terminal Central e das 16h às 17h, no Terminal Rodoviário. De acordo com informações divulgadas pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), o uso mundial de tabaco mata quase seis milhões de pessoas por ano, sendo que deste total, mais de 600 mil são considerados fumantes passivos (pessoas que não fumam, mas convivem com fumantes e inalam a fumaça do cigarro). Se a realidade não mudar, estão previstas mais de oito milhões de mortes anualmente a partir de 2030. Alerta à comunidade O Dia Mundial sem Tabaco é comemorado anualmente em 31 de maio. A data foi criada em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como um alerta sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo. No Brasil, a lei federal 12.546 proíbe o ato de fumar cigarrilhas, charutos, cachimbos e outros produtos em locais de uso coletivo, públicos ou privados, como corredores de condomínios, restaurantes e clubes – mesmo que o ambiente esteja parcialmente fechado por uma parede, divisória, teto ou toldo. O documento foi aprovado em 2011 e regulamentado em 2014. Fique por dentro! Dia Mundial sem Tabaco Quando: 31 de maio (quarta-feira) Horários e locais: - 9h às 11h – Aeroporto, praça José Alves dos Santos, s/n, Aclimação. - 11h às 15h30 – Terminal Central de Ônibus, avenida João Pinheiro, 1.154, Centro - 16h às 17h – Terminal Rodoviário, praça da Bíblia, 200, Martins Fonte: Prefeitura de Uberlândia
Futel inicia levantamento de alunos matriculados nas escolinhas do antigo UTC

Futel inicia levantamento de alunos matriculados nas escolinhas do antigo UTC

A Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel), iniciou nesta segunda-feira (29) um levantamento dos alunos que estavam matriculados nas escolinhas esportivas do antigo UTC. Profissionais da fundação estarão na portaria da avenida Cipriano Del Fávero, de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h, para atender, recadastrar e tirar dúvidas dos usuários. Aqueles que comprovarem matrícula e pagamento em dia serão direcionados para as escolinhas que funcionam nos poliesportivos e terão prioridade quando o Centro Municipal de Excelência Esportiva estiver em funcionamento. Alunos da escolinha de judô foram direcionados para o poliesportivo Lagoinha e atletas da natação master foram para o Praia Clube, onde dão prosseguimento ao treinamento, sem qualquer custo adicional. Adequações Desde a reintegração do imóvel na semana passada, o clube está fechado temporariamente para reforma. Equipes da Futel já iniciaram os trabalhos, com levantamentos das obras necessárias, retirada de lonas e tacos estragados dos ginásios, além de limpeza geral do local. “O piso das quadras anexas e do ginásio serão substituídos por contrapiso e tábuas novas. Além disso, os sete aquecedores das piscinas têm que ser recuperados, as salas da diretoria e de troféus estão com alvenaria e tetos comprometidos e os telhados metálicos dos ginásios e calhas apresentam problemas de infiltração”, disse o diretor-geral da Futel, Silvio Soares dos Santos, que espera implantar os novos projetos e receber o público o mais rapidamente possível. O mobiliário e outros equipamentos de propriedade do UTC e da FUTC serão retirados nos próximos dias, conforme determinação da Justiça. “Até o momento esses materiais estão guardados, mas serão retirados em breve. Os equipamentos como tabelas de basquete, traves de gols, aquecedores de piscinas, sauna e outros fazem parte do imóvel e irão ser realocados”, explica Silvio Soares. Fonte: Prefeitura de Uberlândia