Papa Francisco nomeou, nesta quarta-feira, 31 de maio, como secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, o padre Alexandre Awi Mello, I. Sch., Diretor Nacional do Movimento de Schoenstatt no Brasil.

Foi ordenado sacerdote em 7 de julho de 2001 como um membro do Instituto Secular dos Padres de Schoenstatt, e ocupou os seguintes cargos: Vigário paroquial de Nossa Senhora das Dores em Santa Maria, no Estado do Rio Grande do Sul; Conselheiro do Apostólico Schoenstatt Juventude para Sudeste e Sul do Brasil; Diretor Nacional do Movimento de Schoenstatt no Brasil.

Ele completou seus estudos de Filosofia e Teologia na Pontifícia Universidade Católica de Santiago do Chile; obteve licenciatura em Teologia na Philosophisch-Theologische Hochschule Vallendar (Alemanha, 2000) e está concluindo um doutorado em Mariologia na Universidade de Dayton – Instituto Internacional de Pesquisa Marian, em Ohio, nos Estados Unidos.

Ocupou o cargo de Professor de Teologia e Pastoral Sistemática, em Londrina, pelo Instituto Paulo VI (2002-2004) e da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2005-2009); em seguida, a partir de 2012, em São Paulo, no Centro Universitário Salesiano e da Faculdade de São Bento.

Em 2007, ele colaborou com a Secretaria da elaboração da Conferência de Aparecida.

Diretor de Tabor Magazine, publicou vários artigos em revistas profissionais catequéticos e pastorais.

Fonte: CNBB