O prefeito Odelmo Leão realizou, na tarde desta segunda-feira (26), a entrega simbólica dos kits escolares de 2018. O evento, que marcou oficialmente a distribuição na rede, ocorreu no Centro Administrativo Municipal e contou com a presença de alunos da Escola Municipal Professora Cecy Cardoso Porfírio, do bairro Mansour. Ao todo, cerca de 61 mil estudantes das 123 unidades de ensino das zonas urbana e rural serão beneficiados pela iniciativa.

“Esse é o nosso compromisso com a população: trabalhar para proporcionar uma educação pública de qualidade na cidade. Por isso, desenvolvemos projetos que abrangem a manutenção e cuidados com a estrutura física, a capacitação profissional, a alimentação equilibrada e os materiais necessários para nossos educadores e alunos. Que esse ano letivo que se inicia seja ainda mais proveitoso, que todos possam aprender muito e se dedicar ainda mais aos estudos”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

Respeito aos períodos escolares

Os kits foram montados de acordo com o ano escolar que os alunos cursam. Para crianças de zero a três anos, o conjunto contempla 13 itens, como agenda escolar e massa para modelar. Para a educação infantil, que atende crianças com idade entre quatro e cinco anos, também são 13 itens, entre eles, caderno de desenho e tinta guache. O conjunto para os anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 4º ano) dispõe de 11 peças, que incluem régua, cola branca e giz de cera.

Para os anos finais do fundamental (6º ao 9º ano) são 12 itens, como esquadros de 45º e 60º. Com 10 anos, Gustavo Maia já fez as contas e sabe que o novo material que colocará na mochila terá impacto positivo nas despesas de casa. O estudante do 5º ano explicou que a mãe teria que comprar cadernos, lápis e outros itens para ele e para a irmã mais velha se não recebesse o kit. “Tem muitas coisas legais e já dá pra economizar na papelaria. Ano passado atrasou, mas agora já consigo ir para aula com tudo novinho e no tempo certo”, contou.

Há, ainda, o material específico para quem cursa a Educação de Jovens e Adultos (EJA), com sete objetos, como caderno universitário de 200 folhas, canetas esferográfica, dentre outros. Quem recebeu esse kit das mãos do prefeito Odelmo Leão foi Laudir Luiz de Queiroz, aluno da 8º série do EJA. Ele reforçou a importância dos materiais para dar prosseguimento aos estudos. “É uma motivação para a gente não parar nunca, seguir em frente e não desistir jamais de aprender. Sei que temos que estudar pra alcançar nossos objetivos e é isso que estou fazendo”, disse.

Distribuição anual

Até 2005, a rede municipal de ensino não contava com a distribuição dos kits escolares. Naquele ano, durante o primeiro mandato do prefeito Odelmo Leão, foi implantado o benefício na rede. Na época, a prefeitura contava com 93 escolas e cerca de 53 mil alunos eram atendidos. Em 2007, Odelmo Leão encaminhou à Câmara de Vereadores um projeto de sua autoria instituindo o Programa Kit Escolar, com distribuição anual do material, como símbolo do respeito do Executivo municipal com a educação.

“Os kits contribuem para que crianças e adolescentes tenham melhores condições de estudo, além de significar economia no orçamento familiar, uma vez que os pais não terão que comprar os itens. Nós temos nos empenhado para oferecer educação de qualidade e igualitária aos nossos cidadãos, sempre conforme as determinações do prefeito Odelmo Leão. Tanto que, neste ano, as aquisições dos materiais ocorreram antes do início do início do ano letivo para garantir agilidade e tranquilidade ao processo”, expôs Célia Tavares, secretária municipal de Educação.

Fonte: Prefeitura de Uberlândia