O secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Jairo José Isaac, assinou Termo de Cooperação Técnica com o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), pelo qual a organização desenvolverá em conjunto com Governo de Minas Gerais um sistema de agendamento eletrônico para o atendimento nas unidades da secretaria no interior.

O sistema será implantado nas nove Superintendências Regionais de Meio Ambiente (Suprams), unidades de atendimento da Semad que realizam o trabalho de captação das demandas da sociedade por atos autorizativos como licenças ambientais, outorgas pelo uso da água e outras intervenções ambientais.

Jairo José Isaac explicou que até o final de 2017 o sistema será implantado nas Suprams Triângulo (na cidade de Uberlândia), Alto São Francisco (Divinópolis) e Central (Belo Horizonte), melhorando o acesso do cidadão aos serviços do Governo. “É um ganho que já torna a secretaria mais eficiente que há 16 meses, quando assumi”, afirmou.

“É uma inovação simples, mas que representa um avanço”, observa o subsecretário de Gestão Regionalizada da Semad, Diogo Melo Franco. Ele afirma que, além do agendamento online, será disponibilizado um chat online para auxiliar as pessoas no esclarecimento de duvidas. “O cidadão terá ainda o atendimento por telefone, pelo Lig-Minas, no 155”, lembrou Franco.

O secretário adjunto de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Germano Luiz Vieira, afirmou que a cooperação com o Sinduscon é mais uma convergência de interesses para atendimento ao cidadão. “Em épocas de recursos escassos, as parcerias têm feito muitas coisas acontecerem”, disse.

Já o presidente do Sinduscon, André Campos, observou que, além de entregar o sistema, também será feito o treinamento dos profissionais que lidarão com a ferramenta. “É só o início do que vejo com uma ampla parceria. Já temos pessoas pensando propostas para a área ambiental do Governo”, afirmou.

Também presente à reunião para assinatura do documento, o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo de Campos Valadares, observou que a tecnologia é imprescindível numa gestão moderna. “Novos softwares nos permitem antever rodovias inteiras”, comparou.

Agência Minas