A Escola de Educação Básica (Eseba) está comemorando 40 anos de história em 2017 e, na noite desta terça-feira (23), recebeu uma Moção de Aplauso da Câmara Municipal de Uberlândia. A homenagem à unidade especial de ensino criada pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) contou com a presença da secretaria municipal de Educação, Célia Maria Tavares, que participou da cerimônia representando o prefeito Odelmo Leão.

“A história da Eseba é, em parte, a história da cidade. Acompanhei a evolução da instituição, até se tornar grande como é hoje. Destaco também a importância da existência da unidade da UFU na parceria com a prefeitura neste esforço de compartilhar as atividades educacionais e de formação”, disse a secretária de Educação, Célia Tavares.

O diretor da escola, André Luiz Sabino, também ressaltou a participação dos professores na manutenção do Eseba. “Uma escola de qualidade não se constrói sem docentes e técnicos. Agradecemos a todos aqueles que acreditaram na formação crítica para um mundo melhor”, pontuou.

Marcado na história

Em quatro décadas, o Eseba passou de uma escola benefício – para filhos de dois a seis anos de idade de funcionários  da UFU – a uma das escolas públicas mais concorridas da região. A instituição foi criada no dia 1º de março de 1977, ainda antes da federalização da UFU, com o nome de Escola Pré-Fundamental Nossa Casinha.

Em 1988, tornou-se uma escola pública e, na atualidade, constitui-se em um dos 17 colégios de aplicação do Brasil ao oferecer vagas na Educação Infantil, no Ensino Fundamental e no Ensino de Jovens e Adultos (EJA). As atividades de ensino, pesquisa e extensão são desenvolvidas na instituição por 82 docentes e demais estudantes que atuam como estagiários dos cursos de licenciatura da UFU. Ao todo, são 929 alunos entre três e 70 anos de idade matriculados nos turnos da manhã, tarde e noite. A distribuição das vagas é realizada por sorteio.

Fonte: Prefeitura de Uberlândia