A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou na manhã dessa quarta-feira, 18, a decisão do papa Francisco em nomear para a diocese de Montenegro, no Estado do Rio Grande do Sul, dom Carlos Romulo Gonçalves e Silva, até então seu bispo coadjutor. A decisão do papa foi tomada com base no pedido de renúncia apresentada por dom Paulo Antônio de Conto, por motivo de idade. A notícia foi publicada no jornal “L’Osservatore Romano”, veículo de imprensa oficial do Vaticano.

Dom Carlos Romulo

Natural de Piratini (RS), dom Carlos Romulo é graduado em Filosofia pela Universidade Católica de Pelotas e em Teologia pelo Instituto de Teologia Paulo VI (UCpel). Também fez mestrado em Teologia Espiritual no Instituto de Espiritualidade da Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma. Sua ordenação sacerdotal ocorreu em 1994, em Piratini, entre outras funções exerceu os postos de reitor de seminário, vigário geral e coordenador do Curso de Teologia da Universidade Católica de Pelotas (UCpel). Em março de 2017, foi nomeado pelo papa Francisco como bispo coadjutor da diocese de Montenegro.

Com a atual nomeação, dom Paulo de Conto torna-se emérito e dom Carlos Romulo torna-se o segundo bispo da diocese de Montenegro.

CNBB