O Coritiba está na terceira fase da Copa do Brasil. A classificação foi conquistada na noite desta quinta-feira (22), em Minas Gerais, na vitória do Coritiba sobre o Uberlândia, por 2 a 0. A equipe coxa-branca comemorou a classificação na competição nacional e, agora o Verdão enfrenta o Goiás, em dois jogos, sendo o primeiro fora de casa, na quarta-feira, dia 28, e a volta no Couto Pereira, dia 14 de maeço.

Coxa sai na frente

O treinador Sandro Forner optou por mandar a campo a mesma equipe que iniciou a última partida, com Wilson, Marcos Moser, Thalisson Kelven, Romércio, William Matheus, Vitor Carvalho, Julio Rusch, Thiago Lopes, Iago Dias, Guilherme Parede e Alecsandro.

O jogo começou com as duas equipes se estudando em campo, já que a vitória garantia uma delas na próxima fase da Copa do Brasil, que será disputada contra o Goiás. Aos poucos, o Coxa foi se soltando e procurou atacar o time mineiro.

Aos 11 minutos, a primeira chance clara de gol do Coritiba. Julio Rusch cobrou falta, sofrida por William Matheus na entrada da área, e a bola explodiu no travessão. Depois da pancada que resultou a falta, William Matheus saiu sentindo muitas dores no tornozelo e foi substituído por Léo Andrade.

O Uberlândia respondeu pouco depois, com Cesinha, mas Wilson defendeu e Marcos Moser mandou para a linha de fundo. Aos 28’, Iago Dias recebeu de Romércio e cruzou para a área, Thiago Lopes tentou, mas houve o desvio e a bola foi pela linha de fundo

Até que aos 30’, o Coritiba ficou à frente no placar. Julio Rusch cobrou escanteio e após confusão da área a bola bateu em Rafael Estevam, do Uberlândia, que completou para dentro do gol fazendo contra.

O Uberlândia, após o gol, saiu ainda mais para o jogo, buscando o empate. Por outro lado, o Coxa ia buscando administrar o placar. Aos 43’, Wilson fez uma boa defesa e tirou de soco, mas a bola sobrou para Cesinha que bateu forte e assustou o Coritiba.

Equipe coxa-branca amplia e consegue classificação

A segunda etapa de jogo começou sem alterações nas equipes. No entanto, desde os primeiros momentos, o Uberlândia buscava o ataque, querendo achar o empate. Logo aos três minutos, Cesinha arriscou de longe novamente e Wilson somente acompanhou a bola indo por cima do gol

O Uberlândia procurava ataccar mais o Coxa, que tentava sair em velocidade. Aos nove minutos, uma falta no campo ofensivo para o time da casa mobilizou o time coxa-branca, mas a cobrança foi fraca e Wilson ficou com a bola.

Quando virou o 11º minuto do segundo tempo, veio o segundo gol do Coxa. Foi de Piá do Couto para Piá do Couto. Alecsandro puxou a marcação, Guilherme Parede cruzou para a área e Julio Rusch cabeceou para as redes para comemoração da nação alviverde.

Após o segundo gol do Coxa, o jogo ficou menos intenso. As duas equipes concentravam o jogo mais no meio campo, sem grandes chances de mudar ao placar. Quando o setor ofensivo coxa-branca era acionado, tirava o perigo de ataque mineiro.

O treinador Sandro Forner promoveu duas alterações no time coxa-branca, com a entrada do estreante da noite Pablo e de Kady, nos lugares de Iago Dias e Thiago Lopes. Pouco depois, o árbitro entendeu como perigosa a falta feita por Marcos Moser, que levou o segundo cartão amarelo no jogo e acabou expulso.

Com um a menos em campo, o Coxa precisou ser inteligente. Aos 43’, Rafael Estevam recebeu de Deivisom e bateu, Wilson acompanhou a bola perigosa indo pela linha de fundo. E no sufoco final do jogo, o time do Uberlândia pressionou até o final, mas o Coxa conseguiu segurar o placar, garantindo a classificação.

Fonte: Coritiba Futebol Clube