Cruzeiro e Patrocinense abrem no sábado, 17, as quartas de final do Campeonato Mineiro 2018. Este é o primeiro jogo da série única de quatro partidas que vai definir quem avança para as semifinais do Estadual.

O Time Celeste conquistou sua vaga antecipadamente, dominou a fase classificatória sem perder nenhum jogo e encerrou o pleito em primeiríssimo lugar, com 25 pontos, e a garantia de decidir o título no Mineirão, caso avance até a final. O grupo tem a base e o comando mantidos da temporada passada e, com a aplicação dos jogadores em campo, manteve o padrão de jogo e conquistou a vantagem do primeiro lugar.

A Águia do Alto Paranaíba garantiu participação na fase mata-mata após empatar em 1 a 1 seu último jogo na fase classificatória justamente contra o Cruzeiro. Ao contrário do seu adversário, o CAP fez uma primeira fase irregular, venceu apenas três dos seus 11 compromissos e se viu, inclusive, arriscado de retornar ao Módulo II. A partir daí, o clube buscou o técnico Wellington Fajardo para o desafio de tirar o time da zona de rebaixamento. Ele chegou, somou sete dos 15 pontos possíveis e passou para as quartas de final. 

Primeira fase superada, o CAP vem a Belo Horizonte enfrentar o Cruzeiro, sábado, 17, às 16h, com promessa de Mineirão lotado. Engajado também fora das quatro linhas, a Raposa segue com promoções implantadas pelo seu Departamento de Marketing, que vêm alcançando números recordes de público no Gigante da Pampulha em jogos da primeira fase do Estadual.

O Clube Atlético Patrocinense, que nunca venceu o Cruzeiro no histórico de confrontos, chega nesta quinta-feira, 15, na capital mineira completo, com concentração e foco exclusivo na decisão. O grupo sabe da grandeza do seu adversário, mas vem calçado com a perseverança que os acompanha desde 2016 quando iniciaram a ascensão meteórica após a conquista da Segunda Divisão Mineira.

Fonte: FMF