Duelo de gigantes na manhã deste domingo (04), na Arena Independência. Em campo, a maior rivalidade de Minas Gerais, uma das maiores do Brasil e do mundo. Atlético e Cruzeiro foram a campo em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Mineiro Sicoob. Mesmo jogando em domínios alvinegros, a Equipe Celeste fez valer o ótimo futebol praticado no início da temporada e venceu o clássico por 1 a 0.

O primeiro tempo da disputa foi intenso, com as duas equipes entregando o máximo dentro das quatro linhas. As duas principais chances de gols da etapa inicial saíram em cobranças de faltas, mas o placar permaneceu inalterado. 

A primeira oportunidade foi atleticana, com Otero acertando um chute de muito longe e obrigando Fábio a fazer uma defesa difícil com as pernas. Já a Raposa chegou com perigo na batida na bola de Robinho, que acertou o travessão e quicou em cima da linha da linha do gol.

Na segunda etapa da partida, a rede finalmente balançou. Aos dois minutos, Rafinha fez boa jogada pelo meio, acertou um belo passe para Raniel que, com frieza, bateu rasteiro na saída de Victor para colocar a Equipe Celeste em vantagem no confronto. 

Logo após inaugurar o marcador, a Raposa viu Edílson ser expulso ao receber seu segundo cartão amarelo no jogo e passou a se defender mais na partida. Em vantagem numérica em campo, o Galo partiu para cima, pressionou os visitantes, mas parou em Fábio e no travessão, após cabeceada de Leonardo Silva.

Com o apito final e a vitória azul, o Cruzeiro se garantiu na primeira posição na tabela de classificação até o fim de primeira fase e manteve sua invencibilidade no Mineiro Sicoob. Em nove jogos disputados, foram oito vitórias celestes e somente um empate, somando incríveis 25 pontos. O Galo ocupa atualmente a quarta posição, com 12 somos ganhos.

Fonte: Federação Mineira de Futebol
Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro