A avenida Dom Estevão Cardoso de Avelar, entre as avenidas Rui de Castro Santos e Zulma Costa Abdala, no Custódio Pereira, zona leste, estará com o trânsito totalmente interditado a partir de hoje (10). Durante duas semanas o consórcio BCC, responsável pela obra de Captação e Tratamento de Água Capim Branco, vai transferir a tubulação que está às margens do canteiro central para a lateral da via.

A tubulação de aço, de 50 metros de comprimento e cerca de 12 toneladas, será removida para a lateral da via em função da mudança no traçado da adutora. “Os tubos continuarão na mesma avenida, mas agora na lateral da pista. Depois de concluído a transferência, a rua será totalmente liberada”, informou Paulo Afonso, engenheiro responsável pela obra.

A mudança é necessária em decorrência da alteração do traçado que será desviado para a avenida Sideral, também no bairro Custódio. Neste trecho, em obras desde o início do mês passado, está em construção cerca de 700 metros de rede adutora de água, que vai interligar a unidade Capim Branco até o reservatório do bairro Custódio Pereira. Ao todo serão 22 quilômetros de adutora com cerca de 1,2 metro de diâmetro.

Rotas alternativas

O trecho estará sinalizado pela Settran com as opções de tráfego para os motoristas que passam pela via. Para quem sai do aeroporto sentido Mansões Aeroporto segue pela avenida Rui de Castro Santos e na segunda rotatória vira à esquerda. Para quem segue no sentido contrário – Mansões para Aeroporto, segue pela rua Zulma Costa Abdala e pega a primeira rotatória à direita.

Capim Branco

A obra do Sistema de Captação e Tratamento de Água Capim Branco, construída às margens do rio Araguari, foi projetada na última gestão do prefeito Odelmo Leão (2012) e vai permitir, após a conclusão de sua 1ª etapa (prevista para 2019), o abastecimento de água para mais 500 mil habitantes. Interligada às estações já existentes – Sucupira e Bom Jardim – garantirá abastecimento a 1,5 milhão de pessoas.

Prefeitura de Uberlândia